Trabalhadores da construção civil têm reajuste de 8,99% em Santo André, Mauá e Ribeirão Pires

Deputados-aprovam-projeto-de-reajuste-salarial-de-sete-carreiras-de-servidores-580x360O SindusCon-SP assinou convenção coletiva de trabalho relativa à data-base de 1º de maio com os Sindicatos dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Santo André,

Foi aplicado um reajuste de 8,99% para salários e pisos. Apenas o piso dos trabalhadores qualificados teve reajuste por percentual diferenciado.

Trabalhadores não qualificados – servente, contínuo, vigia, auxiliares de trabalhadores qualificados e demais trabalhadores cujas funções não demandem formação profissional: R$ 1.067,00 mensais, ou R$ 4,85 por hora, para 220 horas mensais.

Trabalhadores qualificados – pedreiro, armador, carpinteiro, pintor, gesseiro e demais profissionais qualificados não relacionados: R$ 1.298,00 mensais, ou R$ 5,90, para 220 horas mensais.

Para os demais trabalhadores qualificados em obras de montagem de instalações industriais, o piso passa a ser de R$ 1.555,40 mensais, ou R$ 7,07 por hora, para 220 horas mensais.

Mais informações em: SindusCon-SP.

Post Tagged with

Comments are closed.